27 de dezembro de 2010

Pra ler ouvindo: At your side - The Corrs




As vezes nos deparamos com situações totalmente inusitadas... quando algo sai totalmente de nossos planos... Quando não sai da forma que imaginávamos...
Muitas das vezes estas situações nos deixam sem rumo, sem saber o que fazer, nos tiram o chão... De repente as coisas não fazem mais sentido, e você não consegue enxergar como vai ser a vida dali pra frente, já que seu castelo de areia feito com tanto cuidado por tanto tempo, foi edsfeito por uma onda forte e indesperada...
As vezes a maré muda e seria fácil se ela não afetasse tanto as coisas que já estão feitas... As coisas que até então você considerava sólidas o suficiente para suportar qualquer tsunami...
Mas infelizmente "nem tudo é como você quer, nem tudo pode ser perfeito". Temos que entender antes de sair culpando o mundo inteiro, o porque de certas mudanças, porque tudo na vida tem um propósito... O verso continua "pode ser fácil se você, ver o mundo de outro jeito..." 
Mas, é possível analizar as coisas por outra pespectiva quando o buraco deixado pelo seu castelo dói tanto? Claro que não! Hipocrizia da minha parte se eu dissesse que sim...
É verdade que tudo passa, que tudo tem um propósito, como eu disse... Porém, o real problema é enxergar isso enquanto o mar não puxa a onda de volta e ela fica ali na praia, nos lembrando que o castelo já não está ali... e o que fazer?
Seria fácil, muito mais fácil se eu tivesse a resposta para isso, evitaria tanto sofrimeto...
O que eu  poço fazer é me oferecer para estar ao seu lado esperando a onda voltar pro mar, e poder reconstruir um castelo de areia mais forte e estar na frente dele protegendo-o, caso alguma nova onda  resolve carregá-lo...


Remember: I'll be at your side...

25 de dezembro de 2010


Merry Christmas everyone!!!

13 de dezembro de 2010



And remember: I still hate you 
:)

9 de dezembro de 2010

 

I just wanted to understand what happens in my mind

4 de dezembro de 2010



Acho que antes de começar, ou tentar começar qualquer coisa eu tenho que parar de chorar...


Mas o choro todo tem uma explicação...
Saudades...
Palavrinha que no dicionário está definida como:
1 Recordação nostálgica e suave de pessoas ou coisas distantes, ou de coisas passadas...


I'm sorry Tio Aurélio, mas eu terei que discordar com você nesta, porque não tem como ser uma recordação suave de nada. É uma recordação que hoje toma conta de mim de uma foram que conseguiu extrapolar qualquer limite...
Tentei procurar em algum lugar onde dizia que saudade pode causar dor física e não encontrei...
Mas também não encontrei explicação mais lógica para toda dor que estou sentindo agora...
Se isso não for saudades, não for a falta, eu não sei mais o que é...
Vou tentar redefinir o conceito de saudade...
Acho que pode ser traduzido como um sentimento que toma conta de você e te faz relembrar o quanto nós temos pessoas maravilhosas ao nosso lado...
não... Acho que não da pra definir só nestas palavras...
Acho que por isso não posso culpar desta palavra só existir na língua portuguesa, ela é complexa demais pra ter explicação ou tradução...
Saudade é algo muito mais forte que qualquer coisa que você possa sentir...
Ela só não é maior que o amor...
Mas são companheiros de uma união invejável. Sei que a saudade que sinto só pode ser explicada por este outro sentimento...
Sim, amor...
Porque não?
Amor não existe somente entre um homem e uma mulher...
E não somente em pessoas de convivência física diária. Se teve algo que aprendi nestes últimos anos é como o amor pode ser possível em pessoas que até mesmo nunca se viram, mas que conseguem compartilhar de suas vidas de uma maneira única...
São sentimentos tão bonitos, mas tão traiçoeiros...
Sim, acho que agora eu acertei na definição. Como um sentimento pode te levar a felicidade extrema pode te machucar tanto?
Mas aí, eu paro pra pensar que não é o amor que machuca.. é a combinação da saudade e da distância que torna tudo quase insuportável e quando eu digo insuportável eu volto a me referir a dor física...
Do que necessariamente eu estou sentindo tanta saudade?
Saudades do frio na barriga de saber que eu iria ver vocês...
Saudades da ansiedade causada quando eu ouvi no telefone "te vejo daqui a pouco aqui em casa, tá?"
Saudades do coração disparado quando eu avistei vocês de longe...
Saudades do primeiro abraço e da tensão que estávamos para nos conter e não sair gritando feitos loucas...
Saudades das risadas...
Saudades das conversas...
Saudades de ficar no supermercado procurando produtos que "não contém glúten"
Saudades de ir para o shopping e querer tirar foto com o Rob...
Saudades do almoço preparado com tanto carinho...
Saudades dos comentários infelizes... 
Saudades da inveja causada por causa de um certo balde e de um certo copo...
Saudades de assistir o filme naquele colo tão bom...
Saudades de sentar em uma mesa e comer quantas batatas fritas aguentássemos enquanto ríamos das melhores histórias...
Saudades de quase apanhar dentro do cinema...
Saudades de começar a chorar no meio do filme (e não porque ele estava emocionante ou algo do tipo...)
Saudades de ir jogar aquela coisinha que agora eu esqueci o nome mas vocês sabem o que era
Saudades de fazer a dançinha da vitória 2 vezes =x
Saudades de rir atá a barriga doer da loira assassina...
Saudades de impedir que a outra loira quisesse entrar na piscina de bolinhas...
Saudades de ir pro mirante morrer de frio...
Saudades de podermos ir sentar no colchão no meio da madrugada para conversar...
Saudades daquele abraço as 2 horas da manhã na cozinha...
Saudades do melhor brigadeiro de todos...
Saudades dos carinhos no cabelo...
Saudades de poder dormir abraçada com vocês...


Só não sinto saudades da dor da partida...
Porque eu não consigo por em palavras como foi deixar meus dois pedaços que me completam tão perfeitamente...
Aquelas pessoas que você tem certeza que ao nascerem já estavam predestinadas a aparecer na sua vida e fazerem toda a diferença, mesmo quando essa não era a intenção...
Aquelas pessoas que não são suas irmãs verdadeiras, de sangue...
Mas que você não consegue descrevê-las de melhor forma do que como fazendo parte da sua família...
Aquelas que me entendem como ninguém consegue nem eu mesma
Aquelas que estão ao seu lado sempre independente da situação...
Aquelas que sempre vão te dar os melhores e mais sábios conselhos...
Aquelas que só querem o seu bem...
Aquelas que com certeza vão com você até o fim...
Aquelas que você sabe que torce por você...
Aquelas que não precisam estar presente todos os dias, mas você tem certeza do seu amor...


Eu queria aquele dia 10 e 11/07 de novo...
Queria que a saudade doesse um pouco menos...
Queria que a distância não fosse tão grande...


Mas eu tenho certeza que tudo isso só acontece porque eu amo vocês mais do que qualquer coisa no mundo, mais do que eu amo a mim mesma, mais do que eu aguento em mim...
São minhas metades que me fazem falta a cada milésimo de segundo do dia, que eu queria poder amarrar e deixar trancada no meu quarto éééé, eu sou possessiva também, mas sei que acabaria apanhando por isso... 


Só queria poder explicar pra vocês, o quanto vocês são importantes, o quanto vocês me fazem falta, o quanto eu queria vocês aqui por perto todo o tempo, e o quanto eu amo vocês... Imensuravelmente aprendiiiii \o/
Infinitamente...
"Sem noção..."




Com certeza a melhor coisa que já aconteceu na minha vida...




I just love you... 
Forevermente

3 de dezembro de 2010




I don't know how long I can take it...