28 de fevereiro de 2011


"Back to earth
where did you take me to...
I know there's no such thing
As painless love...
well it'll catch us up
and we can never win...
But ohhh
I feel so alive
ohhh
Just wanna hold you
hold you so tight..."




...


"Mudaram as estações, nada mudou...
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu,
Ta tudo assim tão diferente..."








I don't wanna have to finish the song ...

23 de fevereiro de 2011




I'm trying...

"I'm forced to fake a smile, a laugh
Every day of my life
My heart can't possibly break,
When it wasn't even whole to start with..."

20 de fevereiro de 2011


Porque nada nunca sai do jeito que eu espero...
Porque nunca nada está bom o suficiente par ninguém
Porque eu sempre continuo fazendo as coisas erradas...
Porque eu continuo sofrendo com tudo...


Porque eu só queria sumir...

17 de fevereiro de 2011

Yeap...
Era pra ser hoje..
O início da minha temporada de dias perfeitos com as pessoas mais perfeitas fazendo as coisas mais perfeitas?
Exagero?
Não
Falando assim ainda é pouco para demonstrar tudo oq significaria parar mim...


Porque se você pensar bem, 5 minutos no celular ou em conversas rápidas sobre qualquer besteiras no msn, ou alguns tweets trocados já são suficiente para fazer do meu dia um dia melhor...
Imagina como não seria 2 semanas vivendo 24h ao lado das pessoas que você mais ama na vida?
Que você faria de tudo parar poder ter por perto todos os dias?
Que você não cansa de escutar e de conversar, e de rir e de até mesmo chorar...
As vezes até mesmo sem um motivo aparente...


Eu prefiro pensar que Deus reserva outros planos para que sejam ainda melhores do que aqueles que eu tracei e tentei fazer...


Queria estar ai com vocês mais do que qualquer coisa...
Queria poder rir com vocês o tempo todo...
Contar histórias da infância enquanto comemos brigadeiro branco...
Discutir se o Ian eh melhor que o Rob...
Não sei pra que discutir se sabemos que o Ian eh beeeeeeeeeeeeem melhor, mas enfiiim
Assistir aos melhores filmes...
Ver as melhores fotos...
Comentar todas elas...
Falar dos livros e de nossos vampiros favoritos...
Rir das inúmeras quedas da loira...
Zoar a outra por ser mto mais baixa que eu...
Dançar sem parar na festa...


Compartilhar pensamentos trocados com um simples olhar...


Uhum eu imaginei e ainda imagino tudo isso...
Eu sinto tudo isso, e como eu queria poder tah vivendo os meus dias perfeitos...


Mas eu ainda espero que dê tempo...


I hope so...

I wanted a time machine ..

To fix things ...
For some moments live again ...
To get some people back ...
To decrease the distance ...
To kill fault that I feel you ...
To make the pain pass soon ...




                                        To make everything go back to what it was before ...

16 de fevereiro de 2011


I know that I need to write...
But I don't know how start this time..
Sometimes it's better go back to my notebook...

15 de fevereiro de 2011




" 'Cause I am hanging on every word you say...
And even if you don't want to speak tonight
That's alright, alright with me
'Cause I want nothing more than to
Sit outside Heaven's door and listen to you breathing
Is where I want to be, yeah..."





it's just fear...

13 de fevereiro de 2011





And I don't need to say anything...

Começar tudo de novo...
Arriscar...
Largar tudo parar trás...
Esquecer o passado e tentar construir um novo futuro...
Confesso que estou com medo.
Medo de estar errando novamente, de não estar no caminho certo, de estar fazendo as escolhas erradas de novo...
Sei que postei aqui mesmo esses dias que é hora de cometer erros, hora de viver a vida...
Mas tenho medo de estar caminhando no escuro, ou de ter me perdido muito tempo atrás e não dar tempo de voltar a tomar o caminho correto novamente...
Sei que só vou descobrir isso se me arriscar, se tomar coragem de seguir com os meus novos planos, e meus novos propósitos...
Mas...
E se eu falhar?
Se eu decepcionar as pessoas que mais me amam e esperam tanto de mim?
Se eu não for capaz de seguir com tudo isso em frente...
Se eu me esforçar, se eu tentar e mesmo assim eu não conseguir?
Não quero sentir a sensação de fracasso e de decepção novamente porque são dolorosas demais, e feitas para se sentir apenas uma vez...





Só não quero continuar me sentindo sozinha...

11 de fevereiro de 2011

Eu ia postar...


Mas jah desabafei com minhã irmã...


x)


But this time it's really over...

6 de fevereiro de 2011

Uhum...
Vazio...
Solidão...
São sentimentos que se tornaram muito constantes de uns tempo para cá...
O mais interessante é que não é no sentido literal da palavra...
Deixe-me tentar expressar melhor. Eu me sinto só, eu sinto que falta algo... Mas se você reparr bem, eu continuo tendo as mesmas pessoas perto de mim, eu continuo matendo contato com muitas pessoas, eu converso com muita gente...
Mas nada consegue tirar essa sensação de mim...
Os conflitos familiares não estão fáceis de aguentar, e quando eu digo isso é porque a coisa é realmente complicada...
Por uma razão simples: Eu consigo disfarçar as aparências...
Estranho eu estar assumindo isso, eu sei...
Mas quem me conhece bem sabe disso. Eu consigo manter um sorriso e te responder que eu estou bem, quando na verdade eu estou querendo cair em lágrimas e te responder "eu não to nada bem, preciso chorar, preciso desabafar, preciso de colo..."
Mas eu não sei o que acontece que ultimamante eu não consigo dizer isso para ninguém...
Aquilo que você sempre ouve que "estar no meio de uma multidão e se sentir só..." 
Quando você passa por isso todo dia, e no seu ambientede maior convivência, só torna as coisas mais complicadas...
Quando você ouve da pessoa que você mais ama no mundo inteiro que "nem sinto a sua falta mais" é quando o seu coração perde mais um pedaço...
De repente toda aquela sensação de ser uma pessoa a mais, um peso na vida dos outros ou alguém totalmente inútil que não faz diferença começa a crescer...
Sei que não posso deixar ela tomar conta de mim, mas tá tudo tão complicado ultimamente que a vontade é de me render...
Não posso fazer isso pelas pessoas que ainda estão comigo e fazem meu dia melhor sem nem mesmo saber algumas sabem... 
Acho que eu tenho que agradecer a vocês por continuarem ao meu lado mesmo nas crises...
É só que...

Odeio o fato de vocês estarem tão longe de mim...

"/

It's Time...

Eu desisto...
Não que eu não ache que as coisas não valham mais a pena, porque eu sei que valem...
Mas eu só não aguento mais isso...
Tá me machucando, tá me doendo muito...
Cada rachadura que foi construída e cada pedaço do meu coração que tá faltando...

Como eu disse, eu sei que vale a pena...
Por ambos os lados, se é que existe um lado nisso tudo...
Mas antes que eu tenha que tomar partido de alguém, ou antes que machuque mais, ou mais alguém saia machucado...
Eu desisto...
Desisto de tentar lutar para que as coisas voltem a ser como eram. Como eu ouvi antes, ela nunca vão voltar mesmo... E agora eu entendo um pouco o porque...
Só queria que não tivesse de ser desse jeito...
Porque eu ainda tinha tantos planos na minha mente, tantas coisas planejadas, tantos sonhos...
Mas parece que sonho mesmo vai ser tudo aquilo que eu estava esperando...
O que mais machuca não é o fato de estar "jogando tudo pro alto"...
É só que eu não dou conta mais de proteger o castelo de areia, nem trazer o sol todos os dias como eu queria e nem de continuar cantando para o cachorro dormir...
Eu só decidi que as coisas tem q seguir o rumo que tem de ter, e não sou eu quem vai mudar nada disso...
Só deixar claro que eu não estou desistindo das pessoas, nem dos meus relacionamentos com elas...
Só estou desistindo de tentar ficar sendo a mediadora sempre, porque está me desgastando demais e por algo que talvez não  tenha o resultado que eu queria...
Queria que fosse diferente?
Claro!
Mas eu to cansada...
É fácil para mim admitir estar desistindo de tudo?
Não, claro que não. 
E por mais que vocês digam que não,pára mim isso é demonstrar fraqueza...
Mas hoje eu li que "desistir não é sinal de fraqueza... as vezes significa que você é forte o suficiente para deixar passar..."
E eu espero sinceramente que seja essa a situação...










Sorry ficou sem nexo, mas eu precisava desabafar um pouco...

I wanna jump...







Because I don't know what to do anymore...

5 de fevereiro de 2011

"I love you more than all that's on the planet
Movin', talkin', walkin', breathin'...
You know it's true...
Oh, baby it's so funny
You almost don't believe it...
As every voice is hanging from the silence
Lamps are hanging from the ceiling...
Like a lady tied to her manners
I'm tied up to this feeling..."
 


Thank you for being the perfect person for me ...

2 de fevereiro de 2011

"climb up over the top
survey the state of the soul
you've got to find out for yourself....
whether or not you're truly tryin
why not give it a shot
shake it, take control
and inevitably wind up
findin for yourself all the strengths
that you have inside of you..."


"You're never gonna be alone
From this moment on
If you ever feel like letting go
I won't let you fall
You're never gonna be alone
I'll hold you 'till the hurt is gone...









I'm gonna be there all of the way..."


"Come up to meet you, tell you I'm sorry
You don't know how lovely you are
I had to find you, tell you I need you
And tell you I set you apart
Tell me your secrets, And ask me your questions
Oh let's go back to the start..."

Não, você não precisa ler este post...
Ele é só mais um desabafo, e provavelmente ele não vai fazer diferença na sua vida
com se algum fizesse
Foi só uma forma que eu encontrei de demonstrar que eu sinto saudades e que eu ainda amo alguém...




Eu nem sei bem o que escrever hoje, mas eu senti uma vontade quase que estúpida de fazer isso...
Eu precisava vir falar de você hoje...
É, eu sei que já tem tempo...
5 anos para ser mais exata, mas parece que foi ontem...
Eu acho que o post de hoje vai se tratar mais das saudades que eu ainda sinto. E sim, essa é uma saudade que  me machuca, que me dói, que me sangra por dentro... E não, essa nem o tempo nem ninguém vai curar...
Porque digo isso?
Porque quando você “perde” um amigo, por uamá briga...
Ou perde um grande amor por tantos motivos... A pessoa continua ali, se você procurar, pode ser que as coisas não voltem como antes, pode ser que voltem e será como nada tivesse acontecido...
Ou, outras pessoas vão aparecer na sua vida e essas outras farão parte somente de uma lembrança de um tempo bom da sua vida...
Mas essa não é uma dor que se pode reparar, não é uma lembrança que vai ser esquecida com o tempo, não é... “substituível”...
E sim, eu ainda sinto a sua falta como há 5 anos atrás, ela não diminuiu nem por um segundo, nem 1%, eu só consigo disfarçá-la melhor...
Faz 5 anos que eu não tenho mais a sua companhia na minha vida, que eu não te tenho mais em praticamente todos os meus dias, e em todos os momentos...
Dói?
É insuportável...
Para mim, tudo não passa de um pesadelo...
Ou, eu ainda espero que você volte, abrindo o portão e me diga que estava só viajando esse tempo todo...
Sei que isso nunca vai mudar, essa sensação de vazio vai seguir comigo por muito tempo, e o amor que eu sinto não vai mudar independente de quantos anos eu ainda viva...
Vida...
Acho que eu  nem consigo escrever muito a respeito disso, mas... É uma das palavras que justifica a foto do post...
Éeee. Essa aí sou eu...
Com uns... 10 meses, pelas minhas contas...
Pq postar uma foto minha como criança?
Pq a minha primeira lembrança sua me vem ainda dessa época, bem pequena...
(claro que não com 10 meses =P )
Mas o fato de eu ter sido a primeira netA da família e ter sido mimada por 16 anos só por esse fato, foi maravilhoso...
Hehehe
Sinto falta...
Das brincadeiras, das conversas, das vezes que você me colocava no colo e ficava me fazendo carinho, das horas incontáveis que eu ficava ao seu lado ouvindo aqueles cd’s de músicas insuportavelmente velhas e chatas, por aqueles filmes quase sem cor nenhuma que eu assisti com você... Por todas as tardes em que passávamos juntos consertando as luzinhas das árvores de Natal de toda a família, de quando você montou a minha primeira bicicleta de presente de Papai Noel... Por quando eu aprendi a tocar músicas na flauta só porque você gostava, das vezes em que eu te abraçava a cada 5 minutos só rpa te ouvir dizer “ me laaaaarga, meninaaa”
E das vezes em que trocamos de papel...
Quando eu passava a te fazer companhia e te ouvir contar casos da infância, quando eu ficava te olhando dormir, quando eu te colocava no colo e te fazia carinho, quando eu me escondia para você não me vê chorar...
Queria voltar ao tempo de criança em que você me pegava no colo e ficava me paparicando, me enxendo de mimos e me exibindo como o seu maior orgulho...
Eu queria poder voltar no tempo, para poder viver cada um desses momentos de novo, e tantos outros diferentes...
Me lembro daquele 02/02/2006, por volta das 17:30 quando eu recebi a noticia que não ia ouvir mais a sua voz... Que não te veria mais andando pela casa e fazendo barulho para me pirraçar... Quando soube que não ganharia aquele abraço tão reconfortante e que eu tanto amava...
É um buraco que não se pode tapar por mais que tente que sempre vai ficar aqui e sempre vai latejar...

" 'Cause I've seen love die way too many times
When it deserved to be alive (deserved to be alive)
I've seen you cry way too many times
When you deserved to be alive. 
Alive..."
                                                          Paramore - Emergency

Onde você estiver...
Saiba que eu te amo, e eu sempre vou te amar...