6 de fevereiro de 2011

Uhum...
Vazio...
Solidão...
São sentimentos que se tornaram muito constantes de uns tempo para cá...
O mais interessante é que não é no sentido literal da palavra...
Deixe-me tentar expressar melhor. Eu me sinto só, eu sinto que falta algo... Mas se você reparr bem, eu continuo tendo as mesmas pessoas perto de mim, eu continuo matendo contato com muitas pessoas, eu converso com muita gente...
Mas nada consegue tirar essa sensação de mim...
Os conflitos familiares não estão fáceis de aguentar, e quando eu digo isso é porque a coisa é realmente complicada...
Por uma razão simples: Eu consigo disfarçar as aparências...
Estranho eu estar assumindo isso, eu sei...
Mas quem me conhece bem sabe disso. Eu consigo manter um sorriso e te responder que eu estou bem, quando na verdade eu estou querendo cair em lágrimas e te responder "eu não to nada bem, preciso chorar, preciso desabafar, preciso de colo..."
Mas eu não sei o que acontece que ultimamante eu não consigo dizer isso para ninguém...
Aquilo que você sempre ouve que "estar no meio de uma multidão e se sentir só..." 
Quando você passa por isso todo dia, e no seu ambientede maior convivência, só torna as coisas mais complicadas...
Quando você ouve da pessoa que você mais ama no mundo inteiro que "nem sinto a sua falta mais" é quando o seu coração perde mais um pedaço...
De repente toda aquela sensação de ser uma pessoa a mais, um peso na vida dos outros ou alguém totalmente inútil que não faz diferença começa a crescer...
Sei que não posso deixar ela tomar conta de mim, mas tá tudo tão complicado ultimamente que a vontade é de me render...
Não posso fazer isso pelas pessoas que ainda estão comigo e fazem meu dia melhor sem nem mesmo saber algumas sabem... 
Acho que eu tenho que agradecer a vocês por continuarem ao meu lado mesmo nas crises...
É só que...

Odeio o fato de vocês estarem tão longe de mim...

"/

0 comentários: