28 de setembro de 2011

É só que as vezes a saudade aperta, e consome...
E dói...
E não da pra controlar...





Eu queria poder ser mais forte, e conseguir ignorar alguns sentimentos...

27 de setembro de 2011


"Se seus olhos não estivessem abertos, você não saberia a diferença entre sonhar e estar acordado..."



continuação aqui

21 de setembro de 2011


Até quando...?

11 de setembro de 2011



And suddenly you see everything move away...
And you can not do anything ...

9 de setembro de 2011

"And in this crazy life and through these crazy times
It's you, it's you, you make me sing
You're every line, you're every word, you're everything
You're every song, and I sing along
Cause you're my everything"




You're every minute of my everyday...

Desejo² - Victor Hugo

"[...] Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,




 
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro..."

8 de setembro de 2011



"- O que quer dizer 'cativar'?
-Criar laços. Respondeu a raposa.
- Criar laços?
- Exatamente, disse a raposa. Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo..."

Obrigada por no meio de 7 bilhões de pessoas, ser o único para mim...
Por ser quem me cativou e me cativa todos os dias...
Por fazer o nosso mundo perfeito...
Por me fazer feliz...
Por me ensinar todos os dias sobre o amor...
Por me amar sempre...

Por ser parte essencial de mim...



I just love u...

always...



"E então o principezinho voltou à raposa:
- Adeus, disse ele...
- Adeus, disse a raposa. Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos.
[...] Continuou a raposa:
- Foi o tempo que perdeste com a tua rosa que fez tua rosa tão importante.
- Foi o tempo que eu perdi com a minha rosa... Repetiu o principezinho, a fim de se lembrar.
- Os homens esqueceram essa verdade, continuou a raposa. Mas tu não a deves esquecer. Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas."

7 de setembro de 2011

"E enfrentar o dia-a-dia
Reaprender a sonhar...
Você verá que é mesmo assim, que a história não tem fim
Continua sempre que você responde sim à sua imaginação,
A arte de sorrir cada vez que o mundo diz não...





 Você verá que a emoção começa agora
Agora é brincar de viver...
E não esquecer, ninguém é o centro do universo
Que assim é maior o prazer..."

6 de setembro de 2011


Eu queria que as coisas fossem mais fáceis...
Eu queria que a distância não fosse tão longa, e não machucasse tanto...
Eu queria não sentir sua falta a cada segundo do dia ao meu lado...
Eu queria não precisar sonhar com os nossos encontros, e sim vivê-los...
Eu queria que o tempo fosse sempre a nosso favor...
Eu queria não ter que esperar o à hora de dormir para ouvir sua voz...
Eu queria poder ter seu abraço em todos os momentos de desespero...
Eu queria poder ter você me fazendo rir como você sempre faz...
Eu queria ter você enxugando as minhas lágrimas quando precisasse...
Eu queria ter você por tempo integral...


Mas eu quero te agradecer por mesmo longe,
Mesmo sendo tão difícil,
Mesmo sendo insuportável a maioria das vezes...
Eu te agradeço por me amar, e por me fazer sentir bem, por me fazer sentir amada, por me fazer feliz todo dia...
Por mesmo longe, fazer de tudo para superar a distância, e estar comigo sempre que pode, por aturar as minhas besteiras, por aturar meus choros, por me fazer rir, por fazer com que todo o tempo que passamos juntos por menor que seja, seja o melhor possível...

E eu só quero dizer que eu te amo...
Por todas essas e inúmeras outras coisas...
Obrigada por se esforçar tanto todos os dias, mesmo quando eles não são os melhores...
Obrigado por ter sido a melhor coisa que já me aconteceu nesse 1 ano e 2 meses... 
Obrigado por comprovar a cada dia que passa que você é o pedaço que faltava para me fazer feliz...

                                                                                                           
                                                                                                              I just love u...

always...





E é isso...
É essa a ideia de que todo mundo sempre vai ter...
A garota que deve sempre estar sorrindo, sempre de bom humor, a garota que está disposta a tudo para ajudar os outros, a que não reclama da vida, a que não pode levantar de mau humor, que não pode ter seus problemas, ou se tiver eles são simples e ela conseguirá resolver... 
A garota que já sabe o que quer da vida, que está em uma faculdade conceituada, que deixa a família toda orgulhosa das decisões que faz, a "boa moça", a que nunca sai da linha, a que quando erra, consegue consertar seus erros, a que não tem medo de sonhar e pensar no futuro...

Às vezes eu odeio essa "carcaça" que algumas pessoas colocam ou insistem em ver em mim...
Eu bem que queria ser aquela pessoa que vive rindo pra todo mundo, a palhaça que vive fazendo piadinhas, aquela que é a referência da família pra tanta coisa...
Mas essa não sou eu...
Eu tenho meus dias em que eu acordo de mau humor, aliás, em alguns deles de péssimo humor, dias que eu não quero sorrir, que eu não quero conversar, que eu não quero sair do meu quarto e encarar o mundo...
Por quê?
Por que essa vida toda, esse momento de agora me assusta.
E me assusta porque eu não tenho certeza se é o que eu quero para mim, se eu estou no caminho certo, se é o que vai me fazer feliz daqui alguns anos...
A minha vida nos últimos meses deu um giro de 180° praticamente perfeito. 
Passei na faculdade que eu não queria, para fazer o curso que eu não quero, mas...
"vamos levando para ver até onde isso vai dar".. É a frase que eu repito para mim todos os dias de manhã para poder levantar da cama e poder ir para a aula, ou quando eu estou extremamente cansada de trabalhos ou qualquer outra porcaria que esteja ocupando o meu tempo. É claro que eu não estou fazendo isso por mim. E não, eu não aconselho ninguém a fazer o mesmo. Mas se eu sei que é algo ruim, que não é o que eu quero, porque eu estou insistindo nisso dia após dia? Simples, eu sou a garota que faz os outros felizes, lembra?
E é... Eu por exemplo nunca vi meus pais tão felizes por algo que eu fiz...
Eu consegui deixá-los orgulhosos depois de tanto tempo jogando tanta coisa na minha cara... E é, eu posso ser uma covarde por deixar isso me influenciar e calar o meu grito de "mas não é isso que eu quero para mim!!" que fica entalado aqui dentro tantas vezes.
E aham, eu sei que deveria pensar muito mais em mim do que em qualquer outra pessoa, independente de quem ela seja... Já me disseram inúmeras, incontáveis vezes que eu deveria ser um pouquinho mais egoísta e pensar um pouco mais em mim...
E sim, eu estou aqui neste momento expondo talvez o meu pior defeito, ou a minha melhor qualidade... Eu simplesmente não consigo não pensar nos outros...
Eu não consigo não pensar nas consequências dos meus atos na vida das outras pessoas, e talvez por isso eu seja aquela garota que descrevi no inicio do texto...
E eu posso mudar isso? Talvez sim...
Mas eu estou pronta? Talvez não...
Já vivi tempo demais sendo dessa forma, que eu não me vejo de outro jeito...
Chega a soar falso uma "Mari" que seja diferente...
Eu sei, é meio absurdo eu estar pensando dessa forma, enquanto eu deveria estar pensando em o que posso fazer para mudar essa situação...
Mas a verdade?
Não consigo ter nem ideia do que fazer, de como fazer e por onde começar...
E nem sei se eu quero...
Já me acomodei.
Triste assumir isso né? Eu sei...
Mas sabe o que é pior?
A mudança... 
Todas as pessoas tem um medo natural dela, é do ser humano!
E eu não sou diferente! Principalmente quando essa mudança não vai ser boa para todos olha eu pensando nas consequencias de novo...
Qual o objetivo desse texto enorme então se eu não vou mudar nada, é o que você deve estar se perguntando e eu também...
Bom, acho que só pra dizer que eu sou a garota palhaça que ri pra tudo e pra todos e que adora conversar, e que adora fazer tudo pra todo mundo ficar feliz...
Mas às vezes, dá vontade de jogar isso tudo pro alto e expor que eu também tenho problemas, que eu também choro quase todo dia antes de ir dormir, que eu odeio a minha faculdade, que eu tenho medo do meu futuro, que eu tenho medo dos meus planos não darem certo, que eu tenho medo de não ter planos daqui algum tempo, que eu quero só de vez em quando me trancar no meu quarto e ficar lá sem ninguém perguntar o que está acontecendo, que eu quero fazer as coisas que eu tenho vontade só por impulso mesmo...

Pra dizer que só de vez em quando, eu me canso de ser eu...



5 de setembro de 2011

 
 
And when you don't know how to define what you're feeling?