11 de novembro de 2011

8 de novembro de 2011

 

Algumas pessoas não sabem, ou não tem ideia do poder que a distância tem...
E não estou falando daquela distância 'boa' que você pode ter daquela pessoa que você não suporta ou que você não quer nem ver perto...
Mas o outro lado da distância, da que separa as pessoas que se ama, das pessoas que querem mais que tudo estar perto...
Essa distância consegue estar presente em cada segundo do dia, aliem tudo que você faz te lembrando que alguém que você ama e está longe poderia estar vivendo aquele momento com você, por mais simples e "bobo" que ele seja, mas que no fundo você sabe, se essa pessoa estivesse ali, seria tudo diferente, seria especial...
A distância consegue manipular os pensamentos dessa forma, consegue machucar... E eu estou dizendo no sentido físico da coisa... A distância machuca, cria uma ferida enorme.. E em um lugar que você não alcança para poder curá-la, para poder tentar "consertar", ela machuca bem no fundo do coração. E ela não se contenta em fazer pequenos furos, ou cortes... A cada dia ela deixa essa ferida mais funda, mais dolorida, para que você possa se lembrar mais ainda da presença dela na sua vida...
Eu a odeio.
Com todos os sentidos da palavra, com todo o sentimento possivel. E eu achava que não conhecia o ódio...
Mas é isso, não existe outro sentimento...
Odeio o fato dela me deixar separada de quem amo, odeio ela gritar e jogar na minha cara que ela é melhor quando eu procuro um abraço de quem eu não posso ter, odeio quando ela ri quando o que eu quero é um colo e a única coisa que encontro é o vazio...
Eu sei que o único sentimento capaz de vence-la é o amor, e eu sei que ele é enorme, imensurável...
Mas as vezes fica dificil de deixar ele ser mais forte, as vezes fica dificil deixar ele falar mais alto...
Como hoje...
Eu sei que o amor está aqui... Que está tentando cicatrizar todas as feridas que ela deixou aberta...
Mas hoje...
Hoje é um daqueles dias que ela vence, que ela me mostra que pode ser grande, e o quanto pode machucar, oq uanto ela pode me deixar sem chão e assustada...
Sim, eu tenho medo...
Medo de que o amor não sobreviva a ela...
Que ele se canse de lutar contra suas feridas,ou que elas sejam muito intensas ao ponto dele desistir...

E eu só queria ser forte o suficiente para vencê-la e não deixar que essas lágrimas continuem a cair...
Pelo menos isso...
Pelo menos uma vez...