21 de março de 2012


Eu só queria poder me deitar debiaxo da minha coberta, em posição fetal e ficar lá até que todos os meus problemas estejam resolvidos...
Todas aquelas coisas que eu venho tentando lutar, estejam feitas. 
Tudo aquilo que me cause dor, pare...
Tudo aquilo que me causa dúvida, tenha se tornado em certeza...
Tudo aquilo que pertuba meu sono, desapareça...
Toda a preocupação, toda angústia...
Sim, eu admito que estou com medo de dar o próximo passo, que estou com medo das consequencias que isso pode trazer caso eu resolva seguir em frente...
Eu sei que nunca vou dar um passo tendo certeza de onde eu piso. Mas sabe qual o maior problema dessa vez?
Eu não estou caminhando sozinha...
Eu não estou tomando as decisões que afetam somente a minha vida...
Eu não estou mais pensando somente no meu futuro.
Acho que isso torna tudo tão mais dificil, tão mais doloroso...
O medo de errar por nós dois...
De por em risco tudo aquilo que já conseguimos caminhar com tanta dificuldade até agora...
Medo de ao invés de estar driblando os obstáculos do nosso caminho, eu esteja criando mais um...

Eu queria poder me acomodar, queria poder dizer que está tudo bem, que eu vou conseguir ser completamente feliz dessa forma...
Mas eu não vou... Tem uma parte de mim que não está satisfeita..
Mas como eu posso ouvir essa parte, se ela não é a maior?
Eu preciso achar uma forma de resolver tudo isso, e que agrade ou pelo menos tente agradar a todos.
Um jeito que faça com que os próximos passos não sejam tão dolorosos, não sejam tão impossíveis...
Uma forma para que no final de tudo, eu posso dizer que conseguimos concretizar os nossos sonhos...

0 comentários: