10 de novembro de 2012

Dias ruins: 6

9 de novembro de 2012

...

Eu tava precisando de uma motivação (é ainda maior) pra poder vir aqui tentar escrever...
Tem muito tempo que eu não faço isso,eacho que hoje é um daqueles dias em que as coisas transbordam, que eu não consigo mais segurar só pra mim...
Eu estou esgotada...
Extremamente cansada...
De tudo...

De tudo que eu ando vivendo aqui todos os dias.. De todas as raivas, frustrações, angústias...
De me sentir o peso na vida das pessoas todo santo dia. De sentir que eu só pioro tudo, que eu só faço errado, que minhas escolhas não são as certas e que eu não sei viver...
 Tô tão cansada de viver em função dos outros, que quando eu resolvo viver por minha conta, acho que desaprendi.. Acho que não sei mais tomar as minhas próprias decisões e brigar por elas... Não sei mais acreditar naquilo que eu quero.. Não sei mais ter certeza de estar fazendo do jeito certo, se é que um dia eu aprendi a faszer isso...
Tô cansada de sempre ouvir as mesmas reclamações, as mesmas queixas...
Parecendo que eu não posso mudar, ou que vou ser sempre aquela menina de 17,18 anos, que continua cometendo os mesmo erros...
Será que é tão difícil perceber que eu cresci? 
Que eu já posso saber finalmente o que eu quero da minha vida?
Será que dá pra parar de depositarem toda a frustração do mundo nas minhas costas?
Eu não estou pedindo para esquecerem da minha existência...
Estou pedindo apenas, para que me tratem como a pessoa que eu sou, não como a que vocês esperem que eu seja. Como a Mariana que não é obrigada a acertar sempre, nem ser simpática todo dia, nem fazer tud o que todo mundo quer e estar disponível sempre. Quero só que vejam a Mariana que só quer ser tratada como os outros.. Aquela que erra (e muito!), aquela que tem o direito deficar calada, de ficar chateada, de se magoar.. Aquela que tem o direito de chorar e não precisar explicar porque está fazendo isso...
Aquela que tem o direito de sonhar  e correr atrás dos seus sonhos.. A garota que quer arriscar por conta própria, que quer viver sua vida....

Será que eu realmente me perdi de mim...?