19 de dezembro de 2012

Essa boneca tem manual.: Farpas

O problema é que pra você não consigo fingir. Nem dizer que está tudo bem. Muito menos aceitar. Ao contrário do que sou para o resto do universo, não consigo me calar quando quero dizer. Não consigo sorrir, quando quero chorar. Não posso me acalmar, quando quero enlouquecer. Nos tornamos assim, transparentes demais. Somos um só no corpo de dois. Dois em um só corpo. Óleo e Água em um mesmo recipiente. 
Minhas palavras saem de minha boca e ao invés de som causo pequenas dores em você. Sinto que cada pequena farpa que te espeta quando explodo, poderá te matar. Poderá nos matar. Grandes feridas começam assim, pequenas. Mas se cutucar demais elas infeccionam. Sinto medo. Não do que somos, mas por te ferir. Por favor, me perdoe, pois me tornei assim, inconsequente. 
Talvez não entenda, mas eu sou a metade de um quebra cabeça. Não existo sem a outra peça. Se você sangrar eu sangro. Se eu sofrer você sofre. 

Love hurts, love scars, love wounds' and mars
Any heart not tough or strong enough
To take a lot of pain, take a lot of pain

Nazareth - Love Hurts

0 comentários: