9 de março de 2013

A vontade é de sumir...
de ir pra longe, de ir pro meu lugar feliz... Longe de tudo isso, longe das coisas que de repente ficaram importantes demais e que machucam...
Eu achei que depois de tanto tempo eu ia conseguir deixar de sentir essas coisas, esse aperto qe às vezes dói e sufoca...
Eu queria sumir, mas eu sei que é a atitude mais covarde. E eu não quero ter que fugir das coisas... Eu quero ser forte o suficiente pra passar por todas essas tempestades, e por tudo isso qe me arrasta pra trás...
E eu sei que posso fazer isso. Mas neste exato momento, eu me sinto fraca... Muito fraca pra pensar nisso. Eu não queria, mas eu tenho limites...
Eu queria conseguir viver, sem preocupar, sem pensar demais nos problemas...
Sei que é utópico. Mas sonhar ultimamente custa caro... E eu sinto falta... Sinto falta dos meus sonhos, de querer realizá-los.. Sinto falta da sensação gostosa quando eles se tornam realidade.
Só quero...
Viver...
No meu (nosso) mundo perfeito...
Quero os meus sonhos... Quero minhas realidades, minha força de vontade...
Quero a mágica, quero os frios na barriga, os risos sem motivo, a "felicidade que transborda e parece não querer parar..."
Então agora, o que eu tenho é que respirar fundo, levanta e seguir em frente, e tentar ser forte, tentar ser feliz.