31 de março de 2013

Só mais um desabafo...

(não perca seu tempo lendo isso...)
 
Eu provavelmente não vou conseguir escrever tudo o que eu quero, pq se eu parar para pensar direito, eu nem sei se deveria estar escrevendo agora... Mas tem um a necessidade maior em mim neste momento que não deixa minha cabeça ficar quieta no travesseiro, e nem deixa minha mente se desligar e me deixar pegar no sono...
O que tá acontecendo? É exatamente isso. Minha mente... Ela não para. Nem por um segundo sequer, nem quando o que eu mais quero é que ela se esqueça de como funciona... 
Parece que cheguei naquele estado de cansaço psicológico total... Eu to cansada de pensar na minha vida e nas coisas que eu faço e deixo de fazer... Ou como eu tomo certas decisões, ou deveria tomá-las...
De repente tá tudo muito confuso de novo... Parece que nada mais segue uma sequencia lógica demtro de mim para continuar... 
Eu tenho medo de acabar entrando em curto circuito, ou de simplemente ter um excesso de carga e explodir... Eu achava que ficar guardando as coisas aqui de no ia ser o suficiente, já que fiz isso por tantos anos. Mas por algum motivo agora é diferente... Eu não sei se por que eu quero e tenho necessidade de falar com alguém sobre as minhas coisas, ou porque eu não aguento mais.
Temo seriamente pela segunda opção, mas espero ainda estar muito longe disso... Afinal, meu psicólogo tem que servir para alguma coisa...
Mas eu queria entender.. Só isso...
Entender toda essa confusão de pensamentos e de sentimentos...
Entender porque algo tão simples como o desapego simplesmente não funciona pra mim... Queria entender porque o meu botãozinho de "foda-se" parece ter quebrado, e tá me machucando tanto ultimamente... Parece que eu estou voltando a me importar demais com a opinião dos outros, e isso está me matando...
Eu pensei que tinha aprendido a pensar mais em mim mesma e importar menos com as outras pessoas, e parece que eu me enganei.
Odeio mais ainda essa sensação. De estar errada, e principalmente de assumir o erro.
Será que o que está me matando é justamente toda essa cobrança que eu me faço todos os dias ao acordar? De tentar ser sempre aquela menina que rir, que brinca, que conversa sempre, de que tenta não ser a ansiedade em pessoa, e tenta fazer tudo pra agradar a todos ao redor?
Será que não está na hora de eu abrir um pouco de espaço pra menina que não quer rir o tempo todo, e quer ter os seus momentos sozinhas sem precisar dar explicação?
Às vezes eu me pergunto o que eu realmente quero e quem eu relamente sou...
Se sou aquela que é mais séria e tem seus momentos de discontração pra poder ser mais "aceita", ou sou aquela que rir o tempo inteiro e esquece dos seus momentos sem todas as risadas e que são mais "responsáveis", digamos assim...
Sim. Eu estou em crise de personalidade...
Não que eu esteja pretendendo mudar, ou que eu seja bipolar. 
Mas...
Parafraseando Marjorie Estiano, o que eu preciso é de um momento só pra mim, pra poder deixar a vida acontecer... Da sua forma mais bonita, melhor e acima de tudo, com suas surpresas do seu dia-a-dia...
É deixar a cabeça ter seus momentos de descanso, e de paz. É deixar os pensamentos preocupantes de lado, ir praquele meu lugar feliz e relaxar... E tentar seu eu sem medos, sem receios...
É tentar achar nessas pequenas coisas, o que me faz feliz, o que me faz bem, o que me faz ser eu mesma...