21 de maio de 2013

Devaneios matinais...


O que dói as vezes não é crescer. Não é se tornar adulta, nem mais madura ou assumir responsabilidades... 
O problema maior para mim são as atitudes e decisões que se devem tomar em determinado momento da vida. Claro que isso são consequência desse "amadurecer", mas porque quando tudo isso tem que ser feito, tem de ser feito sozinho? Não, não adianta ter um melhor amigo agora, ou ter um guru espiritual ou sei lá o quê . Tem coisas que tem de ser escolhidas sozinhas. É aquele passo importante que você tem que dar na vida e não pode contar com ninguém para segurar sua mão, ou te dar um empurrãozinho... Porque você tem de aguentar as consequências sozinha, você tem que assumir o que quer.
Mas... O que fazer com o medo? Não dá simplesmente pra pôr no bolso e fazer de conta que nada pode te derrubar, e que nada pode ao menos te abalar. A caminhada não é tão fácil assim (quem me dera). Então por quê ninguém ensina como fazer? Por que ninguém ensina como se manter motivada todos os dias, e correr atrás dos seus sonhos sem medo do que vai encontrar no final, ou sem medo dos obstáculos no meio do caminho?
Viver não é fácil. Ninguém na verdade nunca disse que seria... Mas é preciso.
Eu só queria uma forma mais fácil, uma forma que não fosse tão temerosa, tão incerta...
Eu queria saber dar esse passo e ficar firme no lugar. Queria ter certeza que é certo, queria ter forças pra lutar todos os dias e buscar os sonhos.
E assim conseguir ser feliz....