15 de janeiro de 2016

Lá vem 2016...

Olha eu aqui me deparando com uma página em branco depois de longos sete meses... 
Estava hoje olhando uns textos de um dos meus escritores favoritos e uma das falas dele, era justamente sobre não guardar os sentimentos e sempre expressar o que se está sentindo. Aparentemente, aquele negócio de prender as 
coisas realmente faz mal para minha saúde mental, meu psicólogo não estava tão errado assim...
Só que eu percebi que não quero mais falar necessariamente sobre a minha vida. Não sei... Ela de repente se tornou complicada demais até mesmo para eu entender. E não estou me referindo somente à vida amorosa não. A minha vida profissional e pessoal de um modo geral foi virada de cabeça para baixo de uns tempos para cá. 
Eu prefiro pensar que isso tudo não é algum tipo de castigo de Deus, mas sim um período de maturidade e aprendizado, mas que eu espero encarecidamente que passe logo. Sempre achei que meu período na faculdade fosse um tempo de alegria, não estilo American Pie, não sou tão iludida assim, mas do tipo que encheria a boca pra contar historias daqui um tempo, de todas as coisas boas que vive durante esses anos... Até o momento eu tenho algumas histórias para contar, mas não tão boas assim. Espero que esse quadro mude logo...
Mas enfim... 
O objetivo é dizer que eu estou a fim de escrever de novo, não sobre a minha vida, ou talvez seja indiretamente, mas escrever. Aliviar um pouco a cabeça de todas as coisas que andam passando aqui. E quem sabe isso não me ajude a manter o foco? As coisas andam difíceis... Mas eu tenho certeza que vão melhorar... 
Então é isso, quem sabe eu não dou uma revivida nisso aqui, publico uns textos que tenho guardado no celular, publico meus inúmeros rascunhos... Não sei muito bem como pretendo fazer isso. Mas vamos ver onde vai dar...
Que comece 2016... E como sempre, que seja doce...

0 comentários: